Em janeiro, o Clube do Livro Fritações lê Hibisco Roxo, livro de Chimamanda Ngozi Adichie. E você pode vir comigo nessa jornada.

Hibisco Roxo é uma obra de ficção, mas com um pezinho na realidade, que conta a história de Kambili, uma adolescente nigeriana de 15 anos e sua família. Porém, o que nos chama a atenção (e é o fio condutor da narrativa) são os impactos da colonização estrangeira não apenas no país, mas também nas famílias nigerianas.

O pai de Kambili é um homem fiel à religião cristã que abraçou, mostrando-se até mais rígido que os padres que passam por sua igreja. Essa postura, aliada a sua própria história pessoal, afetará todo o cotidiano de sua esposa e dos dois filhos adolescentes, que vivem sob vigilância contínua até mesmo em relação ao idioma usado em casa.

Nesse cenário, Kambili vai crescer e descobrir as complexidades da vida, percebendo que, talvez, o mundo não seja tão preto-e-branco quanto seu pai ensinou.

O livro é um convite para conhecermos outra cultura, mas também é um espelho para pensarmos nas influências que recebemos e o quanto elas nos formam e influenciam nossos relacionamentos. Afinal, nossas escolhas são nossas mesmo ou apenas achamos que são? É um dos temas que vamos discutir no Clube do Livro, ao longo desse mês de janeiro.

Aviso de gatilho: o livro menciona situações de abuso físico e violência doméstica. Se esses temas forem gatilhos para você, pense bem antes de ler Hibisco Roxo, ok?

Por que uma leitura coletiva? Como funciona?

Se você me acompanha aqui ou nas redes sociais, sabe que eu adoro ler. Mas, tão legal quanto ler um bom livro é ter com quem conversar sobre ele e fritar junto a cada acontecimento.

Por isso, leituras coletivas são tão bacanas: um grupo de pessoas lê o mesmo livro, durante um período combinado e discutem suas impressões, durante e ao final da leitura. A gente acaba ganhando percepções que não teria lendo sozinho.

Outra vantagem é que as leituras coletivas são um ótimo formato para quem quer desenvolver o hábito da leitura, porque você tem uma comunidade de leitores te incentivando e apoiando na jornada.

Na internet, você encontra diversas pessoas promovendo leituras coletivas, tanto gratuitas quanto pagas. A diferença é que, nas pagas, você tem acesso a conteúdos exclusivos e ajuda a financiar esse tipo de projeto.

Como participar da LC de Hibisco Roxo?

Se você quiser me acompanhar na leitura de Hibisco Roxo, nas redes sociais e aqui no blog, eu vou comentar as minhas impressões sobre o livro.

Mas, se quiser ir além e ter acesso a um grupo de discussão no Telegram, comentários semanais meus, perfil secreto no Instagram e materiais de apoio à leitura exclusivos, participe do Clube do Livro.


Me conta: você já conhecia Hibisco Roxo ou leu algum livro da Chimamanda?

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

Olá, eu sou a Fernanda!

Sou professora e doutora em filosofia, apaixonada por literatura. Mãe de gente, de pet e de planta. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subscribe to My Newsletter

Subscribe to my weekly newsletter. I don’t send any spam email ever!

Subscribe to My Newsletter

Subscribe to my weekly newsletter. I don’t send any spam email ever!